Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Mandala Terapia

com Teresa Sá Furtado

 “É preciso coragem para tornar-se quem você realmente é.” E.E. Cummings

A palavra Mandala provém de uma palavra do sânscrito, língua falada na Índia antiga, e significa, literalmente, um círculo, ainda que também (como composto de manda = essência e la = conteúdo) seja entendida como “o que contém a essência” ou a esfera da essência” ou ainda “o círculo da essência”.

Há uma linguagem universal em cada Mandala que nos revela Quem Somos Aqui e Agora e nos incita a caminhar, a fazer a obra que é a nossa Vida, a deixar um Legado, que tem origem no centro do peito de cada um de nós. A dança que cada Mandala traz, pela intenção e propósito com que a manifestamos, permite-nos aceder à nossa Totalidade, ao outro lado, nem sempre visto, nem sempre manifestado, nem sempre consciente.

É a maravilha de sentirmos, de sabermos que a nossa criação, quando alinhada com a nossa noção de Responsabilidade, de Destino, de Realização, de Propósito, que torna a nossa vida mais plena, porque por termos existido, por nos termos manifestado plenamente em alinhamento com a grande ordem, a eternidade será algo brilhante para todas as gerações de seres.

As Mandalas são uma das possibilidades de nos Devirmos mais nós, através de um Centro, a que Carl Jung chamava o Si-Mesmo, o arquétipo central, o arquétipo da ordem e totalidade da personalidade.

A psicologia transpessoal considera as Mandalas como uma actividade essencial para promover uma profunda conexão, e a psicologia cognitiva e comportamental como uma ferramenta para melhorar as funções superiores do cérebro como a memória, a atenção, a percepção e coordenação visual e motora. Esta é também a proposta de um processo de Mandala Terapia.

Através da Mandala Terapia podemos:

  • Proporcionar equilíbrio e acalmar, proporcionando o relaxamento físico e mental;
  • Auxiliar a conexão com o nosso eu profundo, promovendo assim o autoconhecimento;
  • Facilitar a concentração, a atenção plena e a disciplina;
  • Permitir o contacto com a própria essência, expandindo a consciência;
  • Desenvolver a paciência, a tolerância e a frustração;
  • Aumentar a autoestima através da criatividade em acção;
  • Levar à descoberta de novas formas de ver o mundo exterior, proporcionando melhoria nas relações interpessoais;
  • Permitir a utilização de forma harmoniosa dos dois hemisférios cerebrais: o esquerdo, responsável pelas actividades racionais e analíticas, e o direito, responsável pelas actividades sensoriais, emocionais e globais. Quando acontece essa harmonia, podemos levar a nossa mente e os nossos corpos a um novo estado capaz de nos fazer sentir melhor, mais fortes e mais conectados a nós mesmos.
O Processo de Mandala Terapia

Mandala Terapia é um processo que implica mais do que uma sessão, algo que será sempre avaliado consoante cada situação, sendo que, no mínimo, serão sempre duas sessões.

A 1ª sessão tem a duração de 3 horas e tem 4 movimentos Rumo ao Centro de Si-Mesmo:

  • 1º Movimento: O Ponto de Partida – Identificação do tema a trabalhar, abertura do portal;
  • 2º Movimento: A Materialização da Mandala – A dança do Rigor e da Tolerância, o Caos e a Ordem, observação dos movimentos internos e da sua expressão na criação da Mandala;
  • 3º Movimento: A Interpretação da Mandala – Conversas com a Alma usando a linguagem simbólica revelada pela sua Mandala;
  • 4º Movimento: E Agora? – Pistas para uma Acção Consciente, Agir em alinhamento com quem É no momento, no Aqui e Agora! Trabalho a efectuar com a Mandala, meditações, acções do CorAção.

Sessões posteriores serão desenvolvidas caso a caso, de acordo com a Viagem de cada um, Rumo ao seu Centro, contribuindo para que cada um possa ser o Autor da sua própria Vida, criador de estruturas correctas ao serviço do colectivo, deixando um legado único, porque cumpriu o seu propósito.

A segunda sessão e as seguintes têm um tempo de duração de 1h30.

Sempre que cada Ser Humano se cumpre, em alinhamento com o Grande Arquiteto do Universo, em alinhamento com a Ordem Maior, faz da sua Vida uma Obra que reverbera na eternidade, tão simplesmente porque foi tecida na verdade autêntica do seu coração, da sua Alma.

“Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há na sua própria Alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.”

Herman Hesse, no livro O Lobo das Estepes

Image
sobre Teresa Sá Furtado
Psicóloga e Viajante nesta jornada que é a Vida…acompanho o desenvolvimento humano enquanto também me descubro…
Em 1998 encontrei uma Mãe Brasileira que comigo partilhou A Mandala da Vida e desde então tenho utilizado esta ferramenta como instrumento criativo, de desbloqueamento da energia vital, de partilha do Todo que nós somos.
Marque a sua consulta ou peça informações

*

*

*

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias